O governo Dilma é uma constelação!!! Não é fácil escolher entre os melhores, mas entre eles certamente temos que listar o craque da Secretária de Assuntos Estratégicos, e meu colega em Princeton, Marcelo Neri. Ele desmonta o mimimi neoliberal e prova que Brasil não vive situação de pleno emprego. Os neoliberais já ensaiavam a contiga: estamos em pleno emprego, logo para baixar a inflação tem que aumentar a taxa de juros. Neri acabou com a brincadeira deles!!!!

Sim, é verdade que Neri usa uma definição de pleno emprego que não é exatamente a definição de pleno emprego… mas e daí? Ele também usa uma definição de classe média que também não é de classe média!!!! Ora, por que temos que nos conformar com as definições neoliberais????

Para os neoliberais pleno emprego significa uma situação onde todos que procuram emprego, e aceitam os salários correntes, encontram emprego. Sendo assim, uma taxa de desemprego baixa (ou num patamar mínimo histórico como a nossa) seria indício de pleno emprego. Mas Neri viu o truque neoliberal e mudou a definição!!! Ora que tal definirmos desemprego como a situação onde ainda existe muita gente que não quer trabalhar, mas que se quisesse trabalhar aumentaria a oferta de mão-de-obra!!! Pois foi isso que meu colega de Princeton fez!!! Ora como existem várias pessoas em idade ativa que poderiam trabalhar, mas não querem, se quisessem aumentariam a oferta de mão-de-obra…. logo, dado que por alguma razão eles talvez um dia entrem se animem em trabalhar, podemos aumentar assim a oferta de trabalho, ou seja, não estamos operando em pleno emprego coisa nenhuma!!!! Parabéns Neri!!!! Manobra de mestre!!!

Advertisements