Como é bom poder celebrar o dia da consciência negra!!! Dia em que nós brancos nos lembramos de quão injustos os outros são com os negros. Muito triste notar a discriminação escondida por toda a sociedade brasileira. O preconceito racista é apenas mais uma vertente da sociedade capitalista, incapaz de acolher quem não se enquadra em seus padrões.

Parabéns a coragem do IPEA que denunciou os crimes raciais que solapam nossa sociedade. Pode-se ler na página do instituto: “De acordo com os autores, “o componente de racismo não pode ser rejeitado para explicar o diferencial de vitimização por homicídios entre homens negros e não negros no país”“. Isto é, o estudo é claro: negros estão sendo mortos apenas por serem negros. Este é um indício claro de crimes raciais no Brasil. Parabéns pela coragem dos autores de enfrentar de frente esse problema. Na nota técnica divulgada no site pode-se ler na página 5: “Portanto, por um lado, a letalidade violenta de negros no Brasil associada à questão socioeconômica, em parte, já decorre da própria ideologia racista“. Perfeito!!! Os autores deixam claro que no Brasil alguns negros são mortos apenas por serem negros, isto é ocorrem crimes raciais no Brasil!!!! O estudo então conclui de forma brilhante: “São vidas perdidas em face do racismo no Brasil”. Depois dessa conclusão eu não consigo mais me conter, Daniel Cerqueira (autor do estudo) é o Bresser Pereira da microeconomia!!!!!

Sim, eu sei que ainda é cedo para afirmar isso…. mas esse garoto promete!!! Daniel “Bresser Pereira” Cerqueira, siga em frente!!! Não deixe se abater por críticas da direita reacionária!!! E daí  que a maior parte dos negros é morta por outros negros!!!! Isso não invalida sua análise histórica. E daí que não sabemos os motivos do crime??? Ora é evidente que negar crimes raciais é coisa de reacionário de direita!!!!!

Eu aguardo ansiosamente seu próximo estudo: cotas para brancos em presídios!!! Afinal, de acordo com o próprio estudo de vocês os negros são presos numa proporção acima de sua participação na população…. não podemos aceitar esse tipo de discriminação racista dos tribunais brasileiros!!!!

Advertisements