O Brasil tem hoje um desafio: crescer sem gerar inflação. Essa é mais uma lenda neoliberal, não existe dificuldade alguma em se crescer 7% ou 8% ao ano com uma inflação comportada abaixo de 3% ao ano. No Brasil, além de mim, só vejo outro homem com os conhecimentos econômicos, força de vontade e amor ao país, necessários a tal empreitada: Arno Augustin!!!

Augustin foi o homem que consertou as contas públicas no Brasil, graças a ele escapamos da mentira perpetrada pelos oposicionistas de que mais gastos públicos aumentam o dédicit público. Augustin mostrou que é possível gastar muito, dar isenções tributárias, e manter as contas públicas em ordem.

Imaginem o que esse gênio não seria capaz de fazer a frente do IBGE!!!!! Ora não só o PIB como também o IPCA são calculados pelo IBGE. Com Augustin a frente desse órgão, e empregando a mesma ética profissional que orientou sua carreira no Tesouro, o Brasil acabaria com o falso dilema crescimento econômico e inflação. Seria o retorno aos anos dourados: muito crescimento e pouca inflação!!!!

Advertisements