Já diz a boa doutrina jurídica de que “achadum num roubast est”. Ou para os menos versados em latim: achado não é roubado. Então, numa interpretação teleológica- sistêmica fica evidente que ganhar presente não pode ser corrupção!!!

Eu ganhei 1 ou 2 milhões de dólares de presente de um turco, coisa pequena (tanto é que nem me lembro da quantia exata), me digam como eu iria saber que esse pequeno presente tinha vindo da Petrobras???

Se um ser humano decente não pode receber um presentinho sem que a polícia federal venha lhe acusar, então eu acuso: estamos numa ditadura!!!!!!! Abaixo a ditadura!!!!!

Advertisements